As mãos não são para bater

 

1. Previamente, no jardim

 

2. Depois, lemos o nosso livro

Clicar na capa para abrir (o código é disponibilizado apenas às educadoras do AE Mafra)
 

3. Uma saudação especial

3.1. Conversamos sobre as formas que as pessoas usam para dizer “olá” com as mãos e vemos uma filme com língua gestual portuguesa.

 

3.2. Praticamos diferentes tipos de saudação. Inventamos uma saudação especial com as mãos.

 

 

4. Teatro de sombras

 

5. Depois ouvimos a técnica da tartaruga Teodora

 

6. Recebemos um cartaz para colarmos na nossa sala...

 

7. E agora? Afinal para que servem as nossas mãos? Vamos "escrever"!

 

8. E não podíamos terminar, sem uma bela canção!

 

UUUUPS! NÃO HÁ JOGOS?!      :-(
NÃO PODE SER!
BEM... MAIS TARDE, NO JARDIM...

1. Quando estamos mesmo zangados, o que podemos fazer, em vez de bater?

 

O que podemos fazer (I) >>>>>

O que podemos fazer (II) >>>>>

 

2. Para que servem as mãos?

 

As mãos servem para... (III) >>>>>

As mãos servem para... (IV) >>>>>

As mãos servem para ajudar (V) >>>>>

As mãos servem para ajudar (VI) >>>>>

As mãos servem para comunicar (VII) >>>>>

As mãos servem para comunicar (VIII) >>>>>

As mãos servem para cuidarmos de nós (IX) >>>>>

As mãos servem para cuidarmos de nós (X) >>>>>

As mãos servem para fazermos coisas (XI) >>>>>

As mãos servem para fazermos coisas (XII) >>>>>

As mãos servem para proteger (XIII) >>>>>

As mãos servem para proteger (XIV) >>>>>

As mãos servem para nos divertirmos (XV) >>>>>

As mãos servem para nos divertirmos (XVI) >>>>>